Brasil

Baldy assume ministério na cota de Rodrigo Maia

POR GBrasil | 18/11/2017
img/noticias/Baldy assume ministério na cota de Rodrigo Maia
C

Como informou o site o GBrasil há alguns dias, o deputado federal goiano Alexandre Baldy será ministro das Cidades. A decisão do presidente Michel Temer (PMDB) já está nos sites de todos os principais veículos de comunicação do País, mas ainda não é oficial. Baldy assume na cota do presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), de quem o goiano é aliado próximo. Maia e Temer estiveram juntos para tratar do assunto neste sábado.

 

Para assumir o cargo, Baldy se filiará ao PP, partido com a quarta maior bancada da Câmara e que pressionava Temer por mais espaço no governo. O parlamentar, que tem 37 anos de idade, era filiado ao Podemos, mas já tinha decidido deixar o partido, após ser destituído da liderança da legenda na Casa, em agosto deste ano.

 

A nomeação agrada aos principais partidos do Centrão, grupo do qual o PP faz parte, além de PR, PSD e PRB. "É um nome que agrada a todo mundo", afirmou o líder do PR na Câmara, deputado José Rocha (BA). "É um parlamentar querido", declarou o deputado Marcos Montes (MG), líder do PSD na Casa.

 

O comando do Ministério das Cidades está vago desde a última segunda-feira, 13, após o então titular da Pasta, o deputado Bruno Araújo (PSDB-PE), pedir demissão. Ao deixar o cargo, o tucano alegou não possui mais apoio interno no PSDB para permanecer no cargo. O PSDB já anunciou que vai desembarcar do governo Temer até dezembro.

 

Outras legendas da base também cobiçavam o controle de Cidades, entre eles, PMDB, PSD e DEM. Apesar de possuir apenas o 11º maior orçamento da Esplanada (R$ 10,1 bilhões), a pasta é cobiçada porque comanda programas com impacto direto nas bases eleitorais, como construção de moradias, redes de esgoto e transportes urbanos.

 

A saída de Araújo levou Temer a antecipar a reforma ministerial que só pretendia fazer no início do próximo ano. Inicialmente, Temer queria fazer um reforma ampla, obrigando todos ministros que serão candidatos em 2018 a já entregarem os cargos em dezembro. Após resistência da base aliada, contudo, deve fazer uma reforma pontual.

COMPARTILHE:

Notícias Relacionadas

Brasil 18/11/2017 Eleição custou de R$ 4,5 bilhões aos cofres públicos

Eleições deste ano só não foram mais caras que as de 2014, auge da corrupção envolvendo empreiteiras, que custaram R$5,1 bilhões.

Brasil 18/11/2017 Bolsonaro: há uma parte do governo Temer que funciona

Ministro das Cidades, Alexandre Baldy é o símbolo desta pequena parte do governo Temer que dá certo. 

Brasil 18/11/2017 Marcelo Aro tenta usar plantão no tribunal para reaver PHS

Aro perdeu o comando do partido para o goiano Eduardo Machado. Ele tenta usar plantão do TJ para atropelar juiz substituto.

Brasil 18/11/2017 Em dois dias, Baldy recebe parlamentares, prefeitos e lideranças de 15 estados

Em ritmo intenso de trabalho, o goiano e ministro das Cidades, Alexandre Baldy, atendeu, em apenas dois dias, representantes de 15 estados.

INSCREVA-SE

Cadastre seu e-mail e fique por dentro de todas as notícias do Brasil e do mundo com publicações realizadas pelos melhores jornalistas do Brasil. A plataforma inteligente do GBrasil oferece o melhor do conteúdo jornalístico exclusivo para você.

ENVIAR
Obrigado por se inscrever em nosso site. Aguarde novidades!
ACOMPANHE AS NOSSAS REDES
  • Show da Manhã - Jovem Pan-GO