Brasil

Governo adia negociação sobre reforma da Previdência

POR GBrasil | 25/08/2017
img/noticias/Governo adia negociação sobre reforma da Previdência
E

Enquanto tenta aprovar rapidamente as medidas econômicas enviadas ao Congresso, entre elas o aumento da meta de déficit fiscal para 2017 e 2018, o governo adiou mais uma vez a retomada da negociação sobre reforma da Previdência, apesar de manter a aposta na aprovação até o final deste ano, disseram à Reuters fontes palacianas.

 

“Entrou uma agenda econômica agora que é prioritária. A meta, refazer o Refis, reoneração, o pacote do funcionalismo. Tudo isso é prioritário”, disse uma das fontes.

 

Depois de conseguir barrar no Congresso a denúncia por corrupção contra o presidente Michel Temer, o governo colocou novamente a reforma da Previdência como prioridade e passou a apostar em ter a Proposta de Emenda à Constituição aprovada na Câmara até a primeira quinzena de outubro.

 

Mas desde então não houve novos movimentos por parte do Planalto. O governo sabe que, depois da denúncia contra o presidente pelo procurador-geral da República Rodrigo Janot, perdeu boa parte dos votos que já tinha arregimentado a favor da reforma --mesmo não tendo chegado aos 308 necessários.

 

Parlamentares da base aliada, em uma primeira contagem depois da denúncia, apontavam para algo em torno de 250 a 260 votos, o que eleva o esforço do governo a encontrar pelo menos mais 80 votos para ter uma margem de segurança na votação.

 

“Depois de resolvido esse pacote econômico o governo vai retomar aquelas reuniões com parlamentares e o presidente e também com técnicos para tentar recuperar os votos”, disse a fonte.

 

Uma segunda fonte palaciana confirma que o governo adiou a retomada das conversas, mas insiste em votar a PEC até o final deste ano, mesmo que tenha de negociar alguns pontos.

 

“A intenção é votar como está”, disse, referindo-se ao texto aprovada na comissão especial da Câmara. “Mas se não tiver mesmo jeito, alguma coisa pode ser negociada.”

 

Os pontos centrais para o governo são a idade mínima de 62 anos para mulheres e 65 anos para homens e as mudanças nas aposentadorias dos servidores públicos, que são consideradas a base mínima da reforma.

Parlamentares da base governista já falam há algum tempo em fatiar a reforma e aprovar pelo menos os pontos centrais. No entanto, o Planalto não admite iniciar a discussão nesses termos.

 

Enrolada com a reforma política, a base aliada na Câmara não tem mesmo espaço para tratar da Previdência nesse momento. Ainda assim, o Planalto avalia que, passando o pacote de medidas econômicas, pode convencer os parlamentares a tratar dos dois temas ao mesmo tempo.

 

"A reforma política tem que votar até início de outubro. Resolvendo isso, entra a Previdência", diz uma das fontes. De acordo com o cronograma alardeado pelo Planalto, isso daria duas semanas para os deputados votarem a reforma em plenário. (da Reuters)

COMPARTILHE:

Notícias Relacionadas

Brasil 25/08/2017 Eleição custou de R$ 4,5 bilhões aos cofres públicos

Eleições deste ano só não foram mais caras que as de 2014, auge da corrupção envolvendo empreiteiras, que custaram R$5,1 bilhões.

Brasil 25/08/2017 Bolsonaro: há uma parte do governo Temer que funciona

Ministro das Cidades, Alexandre Baldy é o símbolo desta pequena parte do governo Temer que dá certo. 

Brasil 25/08/2017 Marcelo Aro tenta usar plantão no tribunal para reaver PHS

Aro perdeu o comando do partido para o goiano Eduardo Machado. Ele tenta usar plantão do TJ para atropelar juiz substituto.

Brasil 25/08/2017 Em dois dias, Baldy recebe parlamentares, prefeitos e lideranças de 15 estados

Em ritmo intenso de trabalho, o goiano e ministro das Cidades, Alexandre Baldy, atendeu, em apenas dois dias, representantes de 15 estados.

INSCREVA-SE

Cadastre seu e-mail e fique por dentro de todas as notícias do Brasil e do mundo com publicações realizadas pelos melhores jornalistas do Brasil. A plataforma inteligente do GBrasil oferece o melhor do conteúdo jornalístico exclusivo para você.

ENVIAR
Obrigado por se inscrever em nosso site. Aguarde novidades!
ACOMPANHE AS NOSSAS REDES
  • Show da Manhã - Jovem Pan-GO