Brasil

Movimentos de FHC intrigam aliados de Alckmin

POR GBrasil | 03/01/2018
img/noticias/Movimentos de FHC intrigam aliados de Alckmin
&

 O ano começou com um “climão” no PSDB. Aliados de Geraldo Alckmin desconfiam de movimentações do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso contra a candidatura ao Planalto do governador de São Paulo.

 

Os alckmistas elencaram três movimentos suspeitos de FHC que teriam como alvo enfraquecer a campanha do pré-candidato:

 

  • - ele incentivou o lançamento da candidatura alternativa ao Planalto, pelo PSDB, do prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto;
  • - no programa Manhattan Connection neste final de semana, o decano do PSDB concordou que, com Alckmin, os tucanos partem para as eleições com “1 par de 8”, em alusão a cartas fracas do jogo de pôquer;
  • - em entrevista publicada nesta 3ª feira (2.jan) pelo Estadão, FHC disse que o pré-candidato ainda tem que mostrar capacidade de “unir o centro” e admitiu até apoio a um nome de outra sigla.

 

Por sua vez, os aliados de FHC reclamam da possibilidade de Geraldo Alckmin eleger seu vice-governador, Márcio França (PSB), para o Palácio dos Bandeirantes. Cobram apoio a um nome do PSDB. Se Alckmin perder a disputa presidencial, os tucanos podem ficar sem o Planalto e sem o governo de São Paulo.

 

NO PÁREO

O prefeito João Doria e o senador José Serra (SP) fingem que não querem ser candidatos ao governo paulista. Mas querem. Há entre os aliados do governador uma outra desconfiança: FHC pressiona Alckmin apenas para o governador fechar um acordo com Serra.

 

Também causam desconfiança entre os alckmistas as manifestações do grão-mestre tucano de simpatia ao apresentador de TV Luciano Huck.

 

Presidente nacional do PPS, o deputado Roberto Freire (SP) diz acreditar que Huck não desistiu definitivamente do Planalto. Freire ofereceu a sigla para a filiação do apresentador. Tem dito a interlocutores no Congresso que foi o próprio FHC quem mais o incentivou a apoiar a candidatura presidencial do apresentador.

 

No programa Manhattan Conecction, Fernando Henrique disse que uma das qualidades necessárias para vencer as eleições de 2018 será “a fama”, coisa que sobra ao apresentador de TV e falta ao governador de São Paulo.

 

Tudo isso junto e misturado deixa os aliados de Geraldo Alckmin cada vez mais desconfiados do ex-presidente tucano.

 

TEXTO: SITE PODER360

COMPARTILHE:

Notícias Relacionadas

Brasil 03/01/2018 Eleição custou de R$ 4,5 bilhões aos cofres públicos

Eleições deste ano só não foram mais caras que as de 2014, auge da corrupção envolvendo empreiteiras, que custaram R$5,1 bilhões.

Brasil 03/01/2018 Bolsonaro: há uma parte do governo Temer que funciona

Ministro das Cidades, Alexandre Baldy é o símbolo desta pequena parte do governo Temer que dá certo. 

Brasil 03/01/2018 Marcelo Aro tenta usar plantão no tribunal para reaver PHS

Aro perdeu o comando do partido para o goiano Eduardo Machado. Ele tenta usar plantão do TJ para atropelar juiz substituto.

Brasil 03/01/2018 Em dois dias, Baldy recebe parlamentares, prefeitos e lideranças de 15 estados

Em ritmo intenso de trabalho, o goiano e ministro das Cidades, Alexandre Baldy, atendeu, em apenas dois dias, representantes de 15 estados.

INSCREVA-SE

Cadastre seu e-mail e fique por dentro de todas as notícias do Brasil e do mundo com publicações realizadas pelos melhores jornalistas do Brasil. A plataforma inteligente do GBrasil oferece o melhor do conteúdo jornalístico exclusivo para você.

ENVIAR
Obrigado por se inscrever em nosso site. Aguarde novidades!
ACOMPANHE AS NOSSAS REDES
  • Show da Manhã - Jovem Pan-GO