Brasil

MT, MA, GO, MS e TO formam locomotiva que puxa economia do País, diz estudo

POR GBrasil | 12/09/2017
img/noticias/MT, MA, GO, MS e TO formam locomotiva que puxa economia do País, diz estudo
M

Mato Grosso, Maranhão, Goiás, Mato Grosso do Sul e Tocantins formam a locomotiva que puxará o Brasil para fora do buraco da recessão econômica em que o País se afundou em 2016. É esta a conclusão do estudo “Mapa da Recuperação Econômica”, publicado nesta semana pelo jornal Valor Econômico e realizado por dois economistas do banco Santander: Everton Gomes e Rodolfo Margato.  

 

O objetivo do estudo é antecipar o Produto Interno Bruto (PIB) dos Estados em 2017, que será calculado no começo do ano que vem pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A projeção de crescimento econômico para estes cinco estados é a seguinte: Mato Grosso, 5,1%; Maranhão, 3,1%; Mato Grosso do Sul, 2,4%; Goiás, 2,2%; Tocantins, 1,9%. 

 

O que vai levar estas cinco unidades da Federação a crescer muito acima da média nacional, que será de 0,5%, é a força do agronegócio, que continua a se desenvolver em larga escala. Margato afirma que os efeitos positivos da produção agropecuária sobre a economia não apenas diretos, mas também indiretos, por meio do avanço das agroindústrias e das atividades de serviços. 

 

Na média nacional, o PIB agropecuário vai crescer 8,5% este ano, acima do desempenho previsto para indústria (0,6%) e para os serviços (-0,1%). “A renda agrícola está exercendo efeitos indiretos importantes sobre as agroindústrias, o mercado de trabalho e o setor de serviços, potencializando estímulos à economias destas regiões”, afirma Margato. 

 

Por outro lado, estados onde o agronegócio tem pouca força e a economia se baseia em indústrias terão desempenho econômico abaixo os 0,5% do País. Desses, cinco são da região Nordeste: Alagoas (-1%), Pernambuco, (-0,6%), Bahia (-0,3%), Paraíba (0,1%) e Sergipe (0,1%). Outros dois estão localizados na região Norte: Acre (-0,3%) e Pará (-0,2%). O Distrito Federal tem queda do PIB prevista de 0,2%. 

 

Em São Paulo, a previsão é de crescimento tímido de 0,5%. É o mesmo índice do estado do Amazonas. Pouco melhor é a situação de Minas Gerais (1,2%), Espírito Santo (0,7%). O Rio de Janeiro, imerso na mais grave crise a sua história, deve encolher 1,4%.

 

COMPARTILHE:

Notícias Relacionadas

Brasil 12/09/2017 Número de empresas formalizadas no Ministério do Turismo cresce 35%

Ações da Pasta de combate à pirataria no setor ampliam cadastramento de guias e empreendimentos turísticos

Brasil 12/09/2017 Engana-se quem pensa que Temer ficará fora da sucessão

Reforma ministerial e projeções otimistas para economia fomentam plano de construção de aliança programática com DEM, PP e PR para 2018.

Brasil 12/09/2017 Petrobras anuncia novo corte em gasolina

Preço cai 2,6% a partir de quarta-feira

INSCREVA-SE

Cadastre seu e-mail e fique por dentro de todas as notícias do Brasil e do mundo com publicações realizadas pelos melhores jornalistas do Brasil. A plataforma inteligente do GBrasil oferece o melhor do conteúdo jornalístico exclusivo para você.

ENVIAR
Obrigado por se inscrever em nosso site. Aguarde novidades!
ACOMPANHE AS NOSSAS REDES
  • Show da Manhã - Jovem Pan-GO