Brasil

PT acredita que Lula disputará ao menos 1° turno

POR GBrasil | 05/11/2017
img/noticias/PT acredita que Lula disputará ao menos 1° turno
A

Ainda que seja condenado em segunda instância pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4), o ex-presidente Lula conseguirá disputar pelo menos o primeiro turno das eleições de 2018. Esta é a aposta da cúpula do PT, depois de analisar com a banca de advogados todas as possibilidades de recurso que o ex-presidente têm à sua disposição. 

 

A participação de Lula na disputa depende de dois fatores: em primeiro lugar, ele não pode ser condenado por unanimidade pelos três desembargadores da Primeira Turma do TRF-4, porque isto tiraria dele o direito de interpor embargos infringentes (que questionam aspectos burocráticos do processo mas que, na prática, têm apenas efeito protelatório). Enquanto estes pedidos de embargo não tiverem sido julgados, Lula acredita que consegue um habeas corpus no Superior Tribunal de Justiça (STJ) para driblar a Lei da Ficha Limpa e conseguir disputar. 

 

A defesa do ex-presidente calcula que, se ele for mesmo derrotado no julgamento, as possibilidades de recurso terão se esgotado por volta do começo de setembro de 2018. Até lá, já terá tido tempo para pedir votos para o PT e causar a confusão que o partido deseja. É nesta hora que ele passará o bastão para o ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad, na esperança de que Haddad herde o seu espólio. 

 

Neste domingo, a coluna Painel, do jornal Folha de S. Paulo, afirma que o grande problema do PT será convencer os aliados a encarar a empreitada de alto risco. “Dirigentes da sigla já têm um discurso pronto: em qualquer circunstância, Lula será um cabo eleitoral de peso, não só para quem herdar sua vaga na chapa, mas também para os candidatos a deputado”, diz a coluna. No entanto, nem o PCdoB parece disposto a participar desta aventura.

COMPARTILHE:

Notícias Relacionadas

Brasil 05/11/2017 Eleição custou de R$ 4,5 bilhões aos cofres públicos

Eleições deste ano só não foram mais caras que as de 2014, auge da corrupção envolvendo empreiteiras, que custaram R$5,1 bilhões.

Brasil 05/11/2017 Bolsonaro: há uma parte do governo Temer que funciona

Ministro das Cidades, Alexandre Baldy é o símbolo desta pequena parte do governo Temer que dá certo. 

Brasil 05/11/2017 Marcelo Aro tenta usar plantão no tribunal para reaver PHS

Aro perdeu o comando do partido para o goiano Eduardo Machado. Ele tenta usar plantão do TJ para atropelar juiz substituto.

Brasil 05/11/2017 Em dois dias, Baldy recebe parlamentares, prefeitos e lideranças de 15 estados

Em ritmo intenso de trabalho, o goiano e ministro das Cidades, Alexandre Baldy, atendeu, em apenas dois dias, representantes de 15 estados.

INSCREVA-SE

Cadastre seu e-mail e fique por dentro de todas as notícias do Brasil e do mundo com publicações realizadas pelos melhores jornalistas do Brasil. A plataforma inteligente do GBrasil oferece o melhor do conteúdo jornalístico exclusivo para você.

ENVIAR
Obrigado por se inscrever em nosso site. Aguarde novidades!
ACOMPANHE AS NOSSAS REDES
  • Show da Manhã - Jovem Pan-GO