Colunas e Blog

Catalunha tem greve geral após repressão a referendo

POR Colunista Mundo | 03/10/2017
img/noticias/Catalunha tem greve geral após repressão a referendo
A

A região espanhola da Catalunha enfrenta nesta terça-feira (3) uma greve geral, com o apoio dos principais sindicatos e organizações pró-independência, em protesto pela atuação policial do último domingo (1º)  contra o referendo de independência. A informação é da Agência EFE.

 

A convocação tem repercussão "elevada" em setores como o transporte, comércio e a agricultura, segundo os sindicatos minoritários, que estimulam a mobilização, a que chamam de "greve geral". Os sindicatos majoritários, como a UGT e CC.OO, que têm caráter estatal e se somaram ao protesto, a denominam "greve no país".

 

Um total de 24 manifestações fecharam o tráfego em várias vias da Catalunha, provocando retenções, em alguns casos, de mais de 10 quilômetros, segundo o Serviço Catalão de Transporte.

 

O governo da Catalunha realizou no último domingo um referendo separatista, declarado ilegal pelo Tribunal Constitucional. Participaram da consulta, de acordo com o executivo catalão, 2,2 milhões de pessoas.

 

Durante o dia, foram registradas ações policiais e despejos de colégios eleitorais por ordem judicial para evitar a votação. Essas ações deixaram mais de 800 feridos, dois deles em estado grave, informou o governo.

 

Inicialmente, o protesto foi convocado para mostrar a rejeição pelas prisões e os registros policiais da semana passada a fim de evitar o referendo, mas a ação da polícia no último domingo levou à mudança do sentido do protesto.

 

O governo regional da Catalunha, que já tinha estabelecido serviços mínimos para a greve inicial, os rebaixou, de modo que em setores importantes como ferrovia, metrô e ônibus de Barcelona ficam sensivelmente reduzidos, da 50% para 25%.

 

A greve deve ter impacto no transporte público, na administração pública, educação e saúde.

 

A UGT e CC.OO da Catalunha preveem que a greve tenha repercussão menor na indústria. A principal empresa industrial da Catalunha, a automobilística Seat, planeja manter suas atividades normalmente.

COMPARTILHE:

Notícias Relacionadas

03/10/2017 CRF-GO: pesquisa mostra ampla vantagem de Lorena Baia e Ernestina Rocha

Candidatas da Chapa 2 – Eu Amo Farmácia devem se eleger presidente e conselheira federal nas eleições da próxima semana

03/10/2017 Yeda Crusius defende Marconi para disputa ao Planato

Menções ao nome do governador goiano ganham força no contexto da construção de uma candidatura fora do eixo Sul-Sudeste

03/10/2017 DEM aborta carreira solo e volta os olhos para Alckmin

Dória não decolou nas pesquisas e Luciano Huck não deu garantas de que está mesmo disposto a ser candidato nas eleições presidenciais

03/10/2017 Mesmo condenada, Lei da Ficha Limpa não atinge candidatura de Nara Luíza

Quando presidente do CRF-GO, em 2009, Nara contratou a empresa dos próprios pais: pegou três anos de cadeia

INSCREVA-SE

Cadastre seu e-mail e fique por dentro de todas as notícias do Brasil e do mundo com publicações realizadas pelos melhores jornalistas do Brasil. A plataforma inteligente do GBrasil oferece o melhor do conteúdo jornalístico exclusivo para você.

ENVIAR
Obrigado por se inscrever em nosso site. Aguarde novidades!
ACOMPANHE AS NOSSAS REDES
  • Show da Manhã - Jovem Pan-GO