Colunas e Blog

Evento discute os impactos da transformação digital nas mídias.

POR Colunista GO | 10/03/2017
E

Em busca de se alinhar às transformações digitais, o Grupo Jaime Câmara começou nesta quarta-feira (8) o “Tech Day”, no anfiteatro da sede da organização, em Goiânia. O evento discute como os avanços tecnológicos influenciam os consumidores, a atuação das empresas e os negócios.

O encontro, que termina na quinta-feira (9), conta com dois representantes da AD Digital Tecnologia: a diretora executiva, Daniela de Souza, e o diretor técnico, Hugo Nascimento.  A proposta é compartilhar experiências com os colaboradores do grupo.

O diretor executivo do GJC, Breno Machado, destacou que as empresas precisam se adaptar às novas demandas. “Todas essas transformações que são de origem tecnológica estão mudando profundamente os hábitos de consumo de mídia, de acesso a anúncios e isso tem impacto direto na nossa atividade. Ao mesmo tempo que produzimos o conteúdo para a televisão, temos que disponibilizar para as novas plataformas, como o G1, e para diferentes suportes, como celular e tablet”, afirmou o diretor.

Machado pontuou que as mudanças tecnológicas beneficiam, principalmente, os consumidores. “O poder está cada vez mais na mão do usuário. Ele decide o que quer consumir de mídia, quando ele quer consumir, onde ele quer consumir. Ele não quer só consumir, quer interagir e produzir o próprio conteúdo também”.

Em meio às mudanças, Daniela pondera que o cliente mantém a necessidade por conteúdos locais. “Quem sabe contar bem uma história regional são os profissionais locais. Nenhuma grande plataforma vai ter condições financeiras, por mais que invistam, para produzir coisas específicas para o mundo inteiro. Esse apoio dos grupos que sabem contar histórias regionais sempre vai ser válido”, avaliou.

Para a diretora executiva da AD, em no máximo 10 anos, com a melhoria da infraestrutura da banda larga no país, a maioria da população já terá uma nova postura em relação às mídias. Por isso, ela considera que este é o momento de as empresas se adequarem às novas necessidades do mercado.

“O primeiro pilar é a transformação do negócio para o digital, o segundo é a experiência, você quer um conteúdo personalizado para você, que tenha a ver com seu universo de pesquisa e busca, e, em terceiro, a digitalização das operações, ou seja, buscar ferramentas de automação”, conclui.

Supervisor de imagem da Televisão Anhanguera, Damásio Peres destaca a importância de entender as novas demandas. “A sensação é de que é preciso abrir a cabeça, pois as coisas estão mudando em uma velocidade muito rápida. É impressionante”.

COMPARTILHE:

Notícias Relacionadas

10/03/2017 CRF-GO: pesquisa mostra ampla vantagem de Lorena Baia e Ernestina Rocha

Candidatas da Chapa 2 – Eu Amo Farmácia devem se eleger presidente e conselheira federal nas eleições da próxima semana

10/03/2017 Yeda Crusius defende Marconi para disputa ao Planato

Menções ao nome do governador goiano ganham força no contexto da construção de uma candidatura fora do eixo Sul-Sudeste

10/03/2017 DEM aborta carreira solo e volta os olhos para Alckmin

Dória não decolou nas pesquisas e Luciano Huck não deu garantas de que está mesmo disposto a ser candidato nas eleições presidenciais

10/03/2017 Mesmo condenada, Lei da Ficha Limpa não atinge candidatura de Nara Luíza

Quando presidente do CRF-GO, em 2009, Nara contratou a empresa dos próprios pais: pegou três anos de cadeia

INSCREVA-SE

Cadastre seu e-mail e fique por dentro de todas as notícias do Brasil e do mundo com publicações realizadas pelos melhores jornalistas do Brasil. A plataforma inteligente do GBrasil oferece o melhor do conteúdo jornalístico exclusivo para você.

ENVIAR
Obrigado por se inscrever em nosso site. Aguarde novidades!
ACOMPANHE AS NOSSAS REDES
  • Show da Manhã - Jovem Pan-GO