TO recebe técnicos de Goiás e reafirma parceria para fortalecer Integra Saúde Tocantins

POR | 11/08/2017
img/noticias/TO recebe técnicos de Goiás e reafirma parceria para fortalecer Integra Saúde Tocantins
U

Um diagnóstico da situação atual do Integra Saúde Tocantins, a verificação das potencialidades da equipe técnica e dos equipamentos para avanços em monitoramento e formulação de mais indicadores de saúde foram alguns dos objetivos da vinda do gerente do Centro de Informações e Decisões Estratégicas em Saúde (Conecta SUS) Zilda Arns Neumann do Estado de Goiás, Jean Pierre Pereira, ao Tocantins, nesta quinta-feira, 10. O Conecta SUS foi referência para que o Tocantins conseguisse implantar o Integra Saúde e continuar oferecendo suporte para que o Centro de Informações tocantinense avance em qualidade e quantidade dos indicadores.

 

No encontro com todas as áreas técnicas na sede do Integra, o gerente afirmou que é “importante destacar que um centro de informações nunca está pronto, pois todos os dias as situações mudam e há sempre inovações a serem colocadas em prática. Por falar em inovação, acredito que o maior patrimônio do Estado neste sentido é o servidor, que promove o crescimento com suas ideias e sonhos”.

 

Ao lado do coordenador de Tecnologia da Informação do Conecta, Carlos Tibiriçá, o gerente repassou, à equipe tocantinense, a necessidade do aprendizado com a análise dos dados. “Não basta sabermos que existem tantos casos de uma determinada doença, precisamos saber como reverter a situação com ações de combate e controle, que são possíveis a partir do momento em que se tem dados reais que ajudem a planejar a saúde”, destacou.

 

Para o secretário de Estado da Saúde, Marcos Musafir, a vinda dos técnicos de Goiás é muito proveitosa. “Ficamos felizes pela equipe do Conecta ter aceitado nosso convite, pois essa é uma oportunidade de podermos enxergar onde podemos chegar. Nossa equipe terá uma nova perspectiva para ampliação de informações e indicadores e, consequentemente, fazer uma melhor gestão para toda a população, com a segurança do conhecimento preciso da real situação de todas as áreas do Sistema Único de Saúde no Tocantins”, afirmou.

 

Segundo a superintendente de Vigilância da Secretaria de Estado da Saúde, Liliana Fava, a implantação do Integra fez muita diferença no controle dos dados e principalmente na tomada de decisões. “Com esta capacitação, sem dúvidas, só iremos avançar no trabalho que já estamos realizando”, disse.

 

O subsecretário de Saúde do Tocantins, Marcus Senna, falou sobre o interesse em mostrar o Conecta para a equipe tocantinense. “Já tinha visto uma palestra do Jean no Conselho Nacional de Saúde e tive a certeza de que toda equipe do Tocantins precisava conhecer o Conecta, pois nossos superintendentes já visitaram o local, mas muitos técnicos que lidam com o Integra diariamente não tinham a dimensão do quão é valioso este espaço e até onde podemos chegar”, enfatizou.

 

A coordenadora do Integra Saúde disse estar feliz com o evento. “Fiquei contente com o aprendizado de hoje [quinta-feira, 10] e mais feliz ainda em ver que estamos no caminho certo. Muito do que foi mostrado aqui e que é praticado em Goiás, a gente já faz e isso é muito bom, uma vez que nos inspiramos neles”, frisou.

 

Presente no evento, o presidente da Associação Tocantinense de Municípios do Tocantins (ATM), Jairo Soares Mariano, disse estar surpreso com a inovação apresentada. “Estou positivamente surpreendido com o que conheci hoje e em saber que todos estes dados podem ser usados como suporte para que os gestores municipais planejem suas ações”, afirmou, acrescentando que vai estudar uma parceria entre a Secretaria de Estado da Saúde e a ATM, para dinamizar os dados de forma que cheguem mais rápido às secretarias municipais de saúde.

 

O Integra Saúde

O Integra Saúde Tocantins é um espaço que funciona dentro da sede da Secretaria de Saúde e concentra informações estratégicas para a gestão do Sistema Único de Saúde (SUS) no Tocantins. Neste centro, que é o segundo a ser implantado no Brasil, são monitorados em tempo real os indicadores de saúde, como taxa de mortalidade por violência; doenças crônicas; casos de dengue, zika, chikungunya, leishmaniose; doenças transmissíveis; inspeções da vigilância sanitária; leitos de hospitais; entre outros.

 

As informações são coletadas, tratadas, analisadas, disponibilizadas e servirão de subsídio para que técnicos possam coordenar, com mais precisão, as ações da Secretaria.

COMPARTILHE:

Notícias Relacionadas

11/08/2017 Temer compara políticos a médicos: ambos buscam recuperação do país

Presidente condecorou médicos pela atuação na profissão

11/08/2017 Netflix anuncia US$ 8 bi para conteúdo próprio e 80 novos filmes em 2018

Plataforma tem 115,6 milhões de usuários. Empresa projeta que adicionará mais 6,3 milhões de assinantes no próximo trimestre.

11/08/2017 Farmacêuticos questionam se Nara Luíza faz campanha durante expediente na Câmara

Pedido de informação será encaminhado ao presidente Andrey Azeredo para que esclareça se a chefe do Cerimonial cumpre horários na Casa

11/08/2017 Bispo exorta fieis católicos a boicotarem rede Globo

"Nós católicos não deveríamos mais assistir a Rede Globo, porque a Globo é um demônio dentro das nossas casas", disse Dom Celso Marchiori.

INSCREVA-SE

Cadastre seu e-mail e fique por dentro de todas as notícias do Brasil e do mundo com publicações realizadas pelos melhores jornalistas do Brasil. A plataforma inteligente do GBrasil oferece o melhor do conteúdo jornalístico exclusivo para você.

ENVIAR
Obrigado por se inscrever em nosso site. Aguarde novidades!
ACOMPANHE AS NOSSAS REDES
  • Show da Manhã - Jovem Pan-GO