TO recebe técnicos de Goiás e reafirma parceria para fortalecer Integra Saúde Tocantins

POR | 11/08/2017
img/noticias/TO recebe técnicos de Goiás e reafirma parceria para fortalecer Integra Saúde Tocantins
U

Um diagnóstico da situação atual do Integra Saúde Tocantins, a verificação das potencialidades da equipe técnica e dos equipamentos para avanços em monitoramento e formulação de mais indicadores de saúde foram alguns dos objetivos da vinda do gerente do Centro de Informações e Decisões Estratégicas em Saúde (Conecta SUS) Zilda Arns Neumann do Estado de Goiás, Jean Pierre Pereira, ao Tocantins, nesta quinta-feira, 10. O Conecta SUS foi referência para que o Tocantins conseguisse implantar o Integra Saúde e continuar oferecendo suporte para que o Centro de Informações tocantinense avance em qualidade e quantidade dos indicadores.

 

No encontro com todas as áreas técnicas na sede do Integra, o gerente afirmou que é “importante destacar que um centro de informações nunca está pronto, pois todos os dias as situações mudam e há sempre inovações a serem colocadas em prática. Por falar em inovação, acredito que o maior patrimônio do Estado neste sentido é o servidor, que promove o crescimento com suas ideias e sonhos”.

 

Ao lado do coordenador de Tecnologia da Informação do Conecta, Carlos Tibiriçá, o gerente repassou, à equipe tocantinense, a necessidade do aprendizado com a análise dos dados. “Não basta sabermos que existem tantos casos de uma determinada doença, precisamos saber como reverter a situação com ações de combate e controle, que são possíveis a partir do momento em que se tem dados reais que ajudem a planejar a saúde”, destacou.

 

Para o secretário de Estado da Saúde, Marcos Musafir, a vinda dos técnicos de Goiás é muito proveitosa. “Ficamos felizes pela equipe do Conecta ter aceitado nosso convite, pois essa é uma oportunidade de podermos enxergar onde podemos chegar. Nossa equipe terá uma nova perspectiva para ampliação de informações e indicadores e, consequentemente, fazer uma melhor gestão para toda a população, com a segurança do conhecimento preciso da real situação de todas as áreas do Sistema Único de Saúde no Tocantins”, afirmou.

 

Segundo a superintendente de Vigilância da Secretaria de Estado da Saúde, Liliana Fava, a implantação do Integra fez muita diferença no controle dos dados e principalmente na tomada de decisões. “Com esta capacitação, sem dúvidas, só iremos avançar no trabalho que já estamos realizando”, disse.

 

O subsecretário de Saúde do Tocantins, Marcus Senna, falou sobre o interesse em mostrar o Conecta para a equipe tocantinense. “Já tinha visto uma palestra do Jean no Conselho Nacional de Saúde e tive a certeza de que toda equipe do Tocantins precisava conhecer o Conecta, pois nossos superintendentes já visitaram o local, mas muitos técnicos que lidam com o Integra diariamente não tinham a dimensão do quão é valioso este espaço e até onde podemos chegar”, enfatizou.

 

A coordenadora do Integra Saúde disse estar feliz com o evento. “Fiquei contente com o aprendizado de hoje [quinta-feira, 10] e mais feliz ainda em ver que estamos no caminho certo. Muito do que foi mostrado aqui e que é praticado em Goiás, a gente já faz e isso é muito bom, uma vez que nos inspiramos neles”, frisou.

 

Presente no evento, o presidente da Associação Tocantinense de Municípios do Tocantins (ATM), Jairo Soares Mariano, disse estar surpreso com a inovação apresentada. “Estou positivamente surpreendido com o que conheci hoje e em saber que todos estes dados podem ser usados como suporte para que os gestores municipais planejem suas ações”, afirmou, acrescentando que vai estudar uma parceria entre a Secretaria de Estado da Saúde e a ATM, para dinamizar os dados de forma que cheguem mais rápido às secretarias municipais de saúde.

 

O Integra Saúde

O Integra Saúde Tocantins é um espaço que funciona dentro da sede da Secretaria de Saúde e concentra informações estratégicas para a gestão do Sistema Único de Saúde (SUS) no Tocantins. Neste centro, que é o segundo a ser implantado no Brasil, são monitorados em tempo real os indicadores de saúde, como taxa de mortalidade por violência; doenças crônicas; casos de dengue, zika, chikungunya, leishmaniose; doenças transmissíveis; inspeções da vigilância sanitária; leitos de hospitais; entre outros.

 

As informações são coletadas, tratadas, analisadas, disponibilizadas e servirão de subsídio para que técnicos possam coordenar, com mais precisão, as ações da Secretaria.

COMPARTILHE:

Notícias Relacionadas

11/08/2017 Patinadora suspeita de mandar quebrar perna da rival vira filme com Margot Robbie

Película que conta história de Tonya Harding, uma das maiores vilãs do esporte mundial, estreia nos Estados Unidos já cotada ao Oscar 2018.

11/08/2017 Zahar faz 60 anos com livro que conta própria história

Livro do jornalista Paulo Roberto Pires, que conta história da editora criada por Jorge Zahar, chega às livrarias em dezembro.

11/08/2017 Assédio: deve a obra pagar pelos crimes de seu autor?

Radicais das redes sociais exigem que obras sejam queimadas. Mas, se for assim, temos de queimar também Da Vinci, Caravaggio e Beethoven.

11/08/2017 Ana Paula Maia produz literatura violenta em universos masculinos

Negra nascida no Rio ambienta livros em locais habitados predominantemente por homens, como minas e açougues. Maia já é escritora premiada.

INSCREVA-SE

Cadastre seu e-mail e fique por dentro de todas as notícias do Brasil e do mundo com publicações realizadas pelos melhores jornalistas do Brasil. A plataforma inteligente do GBrasil oferece o melhor do conteúdo jornalístico exclusivo para você.

ENVIAR
Obrigado por se inscrever em nosso site. Aguarde novidades!
ACOMPANHE AS NOSSAS REDES
  • Show da Manhã - Jovem Pan-GO