Força do Agronegócio

Governadores do MT e GO chamam atenção do governo federal

POR GBrasil | 15/09/2017
img/noticias/Governadores do MT e GO chamam atenção do governo federal
&

 

Os governadores do Mato Grosso, Pedro Taques (PSDB), e de Goiás, Marconi Perillo (PSDB), participaram juntos nesta semana do fórum Agronegócio Sustentável, promovido pelo jornal Folha de S. Paulo, e afirmaram que o governo federal não reconhece a importância econômica das regiões Norte, Nordeste e Centro Oeste para o Brasil.

 

O desdém da União, na opinião deles, dificulta a criação de um plano estratégico regional de investimento em logística. Taques e Marconi concordam com a tese de que o escoamento da produção local para exportação é um dos grandes gargalos para o desenvolvimento do agronegócio no País. 

 

MT e GO fazem parte do consórcio Brasil Central, que reúne estados no Norte, Nordeste e Centro-Oeste num bloco que reivindica, em conjunto, políticas de desenvolvimento que contemplem estas três regiões. “Em cerca de dez anos, a União não conseguiu pavimentar 100 km de rodovia para nos ligar a Santarém (Pará), e a mercadoria sair pelo eixo Norte. É uma vergonha. A União não está cumprindo o seu papel, disse Taques. 

 

Para o governador de Goiás, ninguém sabe o que está acontecendo no Brasil. “Acho que o governo federal não está nem sabendo que faltam apenas 100 km de construção rodoviária para chegar até os portos de Santarém”. Marconi também criticou o alto custo de construção das rodovias federais. 

 

“Os Estados constroem cada quilômetro por cerca de R$ 1 milhão. Quando a rodovia é federal, chega a R$ 10 milhões por quilômetro, o que a torna inviável. É um absurdo construir uma rodovia de 10 km por R$ 70 milhões. Nada justifica este preço exorbitante”.

COMPARTILHE:

Notícias Relacionadas

15/09/2017 Consórcio Brasil Central: plataforma facilita atração de investidores

A vantagens da plataforma digital foram apresentados por Danilo Ferreira,superintendente de Ciência e Tecnologia de Goiás

15/09/2017 Centro-Oeste responde por 43,8% da safra de grãos no País

Por estado, a produção é puxada por Mato Grosso, o maior produtor nacional de grãos, com participação de 26,2%; seguido pelo Paraná (17,2%).

15/09/2017 Tocantins investe no desenvolvimento do agronegócio

Governo aposta no desenvolvimento e modernização do agronegócio como estratégias para impulsionar economia do Estado no pós-crise.

15/09/2017 Marcelo apresenta Tocantins Agro e discute parcerias no Japão

Projeto propõe estimular a produção agrícola do Estado e oferecer segurança alimentar para os mercados interno e externo

INSCREVA-SE

Cadastre seu e-mail e fique por dentro de todas as notícias do Brasil e do mundo com publicações realizadas pelos melhores jornalistas do Brasil. A plataforma inteligente do GBrasil oferece o melhor do conteúdo jornalístico exclusivo para você.

ENVIAR
Obrigado por se inscrever em nosso site. Aguarde novidades!
ACOMPANHE AS NOSSAS REDES
  • Show da Manhã - Jovem Pan-GO