Força do Agronegócio

Secretários destacam as vantagens de investimentos no Estado

POR GBrasil | 15/06/2017
img/noticias/Secretários destacam as vantagens de investimentos no Estado
O

O seminário Rondônia Terra de Oportunidades, que aconteceu na última segunda-feira (12), na sede da Federação das Indústrias de São Paulo (Fiesp), reuniu George Braga, secretário do Planejamento, Wagner Garcia, secretário da Fazenda, Marivaldo Gonçalves de Melo, presidente do Banco da Amazônia, e Marcelo Thomé, presidente da Federação das Indústrias de Rondônia (Fiero), para falar sobre as áreas de investimentos em expansão do Estado.

 

O secretário de Planejamento, George Braga, afirmou que o estado atingiu o patamar atual, de equilíbrio e solidez, a partir de um planejamento feito para curto, médio e longo prazo, determinado pelo governador Confúcio Moura, no início de seu primeiro mandato. “Rondônia está entre os três estados ‘no azul’ na federação, mas é um trabalho feito lá de trás com muito custo”, garantiu.

 

Braga destacou a gestão e a governança, os projetos estratégicos e a infraestrutura e logística. Dentre os projetos estratégicos, apresentou o da duplicação da BR-364, da dragagem do rio Madeira e o da ferrovia de Vilhena como fundamentais para o desenvolvimento do estado e para atrair novos investimentos.

 

Dentre as ações relevantes do governo nos últimos tempos, houve a diminuição de 2,5 mil cargos comissionados, a extinção de quatro secretarias, o ajuste fiscal, a revisão da dívida pública, a auditoria da folha de pagamento, o rígido controle do aumento da folha de pagamento, a adoção da nomenclatura internacional da contabilidade – com a decorrente organização do setor e, por fim, a austeridade fiscal. 

 

Na sequência, o presidente do Banco da Amazônia, Marivaldo Gonçalves de Melo, falou sobre a rede de atendimento da instituição em Rondônia, sobre a performance de crédito de fomento e sobre as áreas em que há financiamento, dentre outros temas. Apresentou uma ampla variedade de áreas financiadas pelo banco: soja, milho, cacau, café, mandioca, piscicultura, pecuária de corte, pecuária leiteira, fruticultura, irrigação, reflorestamento, energia, agroindústria, indústria, comércio, serviços, turismo e outros como atendimentos na área da saúde e da educação. Enfatizou, ainda, um dado estimulador de novos investimentos no estado: Rondônia apresenta a menor inadimplência da região Norte, abaixo, inclusive, da média nacional.

 

COMPARTILHE:

Notícias Relacionadas

15/06/2017 Número de abates do Precoce MS já supera a meta estipulada para 2017

No último dia 15 de agosto, o sistema de controle do programa já contabilizava 81709 animais abatidos

15/06/2017 Governadores do Brasil Central avançam na criação de mercado comum

A previsão é de que, até o final de setembro deste ano, os estados tenham um formato de um projeto de lei

15/06/2017 Unidade experimental de graviola apresenta resultados positivos

Com 200 pés, expectativa é colher 4 toneladas do fruto nesta safra

INSCREVA-SE

Cadastre seu e-mail e fique por dentro de todas as notícias do Brasil e do mundo com publicações realizadas pelos melhores jornalistas do Brasil. A plataforma inteligente do GBrasil oferece o melhor do conteúdo jornalístico exclusivo para você.

ENVIAR
Obrigado por se inscrever em nosso site. Aguarde novidades!
ACOMPANHE AS NOSSAS REDES
  • Show da Manhã - Jovem Pan-GO