Você tem que conhecer

Conheça o Museu do Fracasso dedicado aos produtos mais estranhos já lançados

POR GBrasil | 26/07/2017
img/noticias/Conheça o Museu do Fracasso dedicado aos produtos mais estranhos já lançados
&

“Cansei-me de histórias de sucesso”, é o lema de Samuel West, dono do Museu dos Produtos Fracassados. Localizado na Suécia, o salão é repleto de faixas, cartazes e placas dedicadas ao fracasso. A ideia para a criação do museu veio depois de pesquisar por oito anos inovação, marketing e vendas. Por incrível que pareça a coisa que ficou mais clara para West depois de todo esse período: "Temos de dar à falha, ao erro, a atenção que merece."

 

O empurrão final para colocar em prática a ideia veio depois de visitar o Museu de Relações Terminadas em Zagreb, na Croácia. Quando visitou o museu croata, teve um click mental e disse para si mesmo: "eureka!" Assim que voltou para casa, buscou imediatamente um lugar para abrir seu próprio museu. Depois passou a procurar objetos que deram errado.

 

Com essa busca achou coisas inusitadas que tinham tudo para dar certo, por serem inovadoras e interessantes, mas deram erradas, por serem… esquisitas. Assim, sua curadoria se resume a três regras: o objeto tem que ser interessante, tem que ser um fracasso comercial e ter sido uma inovação, à sua própria maneira, é claro.

 

Veja alguns dos produtos fracassados mais estranhos que tem no Museu do Fracasso.

 

Gloogle Glass: Sim, está lá. A grande inovação que iria revolucionar a forma como olhamos o mundo foi um fracasso total e merece figurar no museu do fracasso

 

Betamax: A perdedora de formato de fitas cassete. O formato VHS ganhou a guerra mesmo sendo inferior em qualidade, ganhou o lobby

 

Apple Newton: Uma das marcas mais queridas da atualidade também teve seus fracassos, como essa agenda eletrônica. Na época Steve Jobs estava fora da empresa.

 

O Jogo do Trump: Soa bizarro, mas existiu uma espécie de Banco Imobiliário com a cara de Donald Trump

 

Máscara rejuvenescedora elétrica: Alguém pensou ser uma boa ideia se parecer com o assassino do Massacre da Serra Elétrica em troca de juventude.

 

Bicicleta ecológica: Outra boa ideia não tão bem executada. Uma bicicleta de plástico reutilizado mas que se quebrava muito fácil e… era cara!

 

Teleguide: Uma espécie de smartphone que não não foi um bom celular e nem um bom computador.

 

Loção Harley-Davidson: Quem diria que um perfume de uma marca que vende motos envenenadas e cheias de graxa daria um bom perfume? Ninguém. A loção tinha notas de madeira e tabaco.

 

Coke II: Em 1984, a Coca-Cola mudou seu sabor para tentar ganhar vendas da Pepsi. Os consumidores protestaram até que o refrigerante teve que voltar para a velha fórmula.

 

Lasanha... Colgate: Comer uma lasanha nunca pareceu pouco apetitosa. Imagina almoçar com sensação de que está escovando os dentes.

COMPARTILHE:

Notícias Relacionadas

26/07/2017 Em crise, Inhotim perde metade dos funcionários

Dificuldade de captação de recursos federais e denúncias de corrupção contra fundador coloca futuro do instituto em xeque.

26/07/2017 Acordo de perdas de planos econômicos deve injetar R$ 12 bi na economia

A principal ação em julgamento é a da Confederação Nacional do Sistema Financeiro

26/07/2017 Paris recebe prêmio de capital europeia da inovação

Prêmio de um milhão de euros será usado para investir em iniciativas inovadoras criadas pelos cidadãos para solucionar problemas da cidade.

26/07/2017 Carteira de motorista digital começa a valer em Goiás

A CNH-e será complementar, sem implicar no fim do documento tradicional

INSCREVA-SE

Cadastre seu e-mail e fique por dentro de todas as notícias do Brasil e do mundo com publicações realizadas pelos melhores jornalistas do Brasil. A plataforma inteligente do GBrasil oferece o melhor do conteúdo jornalístico exclusivo para você.

ENVIAR
Obrigado por se inscrever em nosso site. Aguarde novidades!
ACOMPANHE AS NOSSAS REDES
  • Show da Manhã - Jovem Pan-GO