Você tem que ler

Ferramenta STB-Scan inova no controle de qualidade da TV Digital

POR Colunista Você tem que ler | 11/08/2017
img/noticias/Ferramenta STB-Scan inova no controle de qualidade da TV Digital
A

Até o final de 2018, o Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) espera que mais de mil cidades já estejam com o sinal analógico de televisão desligado. Com a mudança, a verificação sobre o sinal digital deve ser ainda mais rigorosa e a tecnologia STB-Scan propõe auxiliar no controle da qualidade da transmissão e na medição das estatísticas de audiência da TV aberta em tempo real.


Há dez anos, o Brasil passa por transformações para fazer com que a cobertura do sinal digital chegue aos lares brasileiros. E, segundo Henrique Ferraz, analista de negócios da Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP), essa solução pode trazer mais aplicabilidade às empresas de telecomunicação, já que o projeto foi idealizado para apoiar o monitoramento remoto de sinais de TV digital e, assim, promover ajustes na transmissão. ‘‘Atualmente, a medição da qualidade do sinal ainda é realizada por meio de estações móveis. Com a chegada do STB-Scan, essa medição será a partir de equipamentos nacionais com custo reduzido’’, afirma.


A RNP e a Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) são titulares da tecnologia, atualmente protegida no Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI) tanto por programa de computador como pedido de patente. De acordo com Ferraz, o STB-Scan é capaz de emitir diagnóstico de instalação de TV nos lares brasileiros, além de gerar estatísticas de audiência, atuando ainda como um canal de comunicação com a emissora. Com a verificação do nível de sinal de TV digital, o monitoramento é capaz de identificar possíveis interferências de estações ilegais e verificar a qualidade de antenas em tempo real.


“O produto resultante dessa tecnologia está sendo desenvolvido pela Kasco P&D, empresa parceria da RNP e da Unicamp nesse projeto e licenciada para comercializá-lo no mercado. O equipamento deve ser lançado no Brasil ainda este ano’’, destacou Ferraz.


Desenvolvido para órgãos fiscalizadores, fabricantes de receptores, radiodifusores e telespectadores, as emissoras e provedores de TV digital e as agências reguladoras, por exemplo, poderão ter grande interesse no STB-Scan. Segundo Ferraz, as possíveis adesões provam a importância do produto. Com a novidade, a RNP já soma no INPI o registro de 50 programas de computador, 27 marcas e um de topografia de circuito integrado, além de quatro contratos de licenciamento de tecnologia e três pedidos de patente.

COMPARTILHE:

Notícias Relacionadas

11/08/2017 Danila Guimarães fala da fórmula de seu sucesso: "Mesclei moda com minha vida pessoal"

Empres√°ria coleciona n√ļmeros que impressionam: mais de 800 mil seguidores e em torno de 12 milh√Ķes de visualiza√ß√Ķes semanais

11/08/2017 Projeto que pune viola√ß√£o a direitos e prerrogativas de advogados vai √† C√Ęmara

Senador Jorge Viana (PT-AC) informou que o recurso apresentado para vota√ß√£o da proposta no Plen√°rio do Senado n√£o recebeu n√ļmero suficiente

11/08/2017 Prévia do IGP-M acumula queda de preços de 1,77% em 12 meses

√ćndice √© usado no reajuste dos contratos de aluguel

11/08/2017 Relatora vota pela inconstitucionalidade de norma que permite produção de amianto

Julgamento sobre o tema prossegue na próxima quarta-feira (23)

INSCREVA-SE

Cadastre seu e-mail e fique por dentro de todas as not√≠cias do Brasil e do mundo com publica√ß√Ķes realizadas pelos melhores jornalistas do Brasil. A plataforma inteligente do GBrasil oferece o melhor do conte√ļdo jornal√≠stico exclusivo para voc√™.

ENVIAR
Obrigado por se inscrever em nosso site. Aguarde novidades!
ACOMPANHE AS NOSSAS REDES
  • Show da Manh√£ - Jovem Pan-GO