Goiás

Caiado fracassa na coptação de partidos e deputados

POR Colunista GO | 08/04/2018
img/noticias/Caiado fracassa na coptação de partidos e deputados
O

O saldo final do período de filiações e trocas de partido com vistas às eleições é negativo para Ronaldo Caiado (DEM). Apesar de ser o candidato que lidera as intenções de voto no momento, Caiado fracassou no esforço de cooptação de legendas, deputados e lideranças. 

 

O senador conseguiu tirar apenas dois parlamentares da base do governo: Iso Moreira e Álvaro Guimarães. E, em nenhum destes dois casos, a cooptação se deu por convergência de projetos. 

 

Iso rompeu com a base aliada porque o governador José Eliton (PSDB) recusou-se a sabotar a candidatura de políticos do nordeste goiano que podem tirar votos dele, como Dr. Vavá (PSDB) em Posse e Tião Caroço (PSDB) em Formosa. Álvaro, porque não engoliu o apoio do governo a Zé Antônio (PTB), seu adversário, na eleição para prefeito de Itumbiara em 2016. 

 

Caiado ainda teve de comprometer uma de suas vagas de senador na sua chapa com Wilder Morais, ex-suplente de Demóstenes Torres que nunca teve um voto na vida e que cumpriu um mandato medíocre depois que virou parlamentar. Apesar de vender o apoio de Wilder como “conquista”, Caiado sabe que colherá mais prejuízo do que dividendos com a adesão de Wilder - que, para piorar, migrou para oposição sem levar junto 1 prefeito sequer.

 

Nas últimas semanas, circularam no meio político informações de que Caiado estava assediando uma gama enorme de políticos da base. Flertou com as deputadas federais Flávia Morais (PDT), Magda Mofatto (PR), com os deputados estaduais Lissauer Vieira (PSB), Cláudio Meirelles (PR), Charles Bento (PRTB) e Simeyzon Silveira (PSC), entre outros. Nenhum - vale frisar, nenhum - deles deixou a base de Marconi e Eliton para se aventurar com o senador. 

 

O resultado desta investida fracassada é conhecido; Caiado terá dificuldades para armar palanques no interior e poucos prefeitos e deputados para amplificar a suas teses de campanha. Corre, já na largada, o sério risco de ser engolido por adversários que têm estruturas muito maiores, como Eliton e o deputado federal Daniel Vilela (MDB). 

 

COMPARTILHE:

Notícias Relacionadas

Goiás 08/04/2018 Saúde: promotor anuncia medidas contra Iris

Uma das medidas é acionar o prefeito e a secretária de Saúde de Goiânia por improbidade. A outra é pedir o fim da pactuação com Aparecida.

Goiás 08/04/2018 Baldy faz um trabalho brilhante, diz presidente da Câmara de Goiânia

Andrey afirma que Baldy dá encaminhamento para que todas as demandas de Goiânia e de Goiás sejam solucionadas com rapidez.

Goiás 08/04/2018 Vitti destaca modernidade de novo painel eletrônico

Painel vai garantir mais transparência, tendo em vista que as presenças serão aferidas apenas com a digital ou com a palma da mão.

Goiás 08/04/2018 Na TBC, vereadora critica Iris por convocar povo para varrer ruas

Vereadora questiona se, depois de pedir para população varrer as ruas, Iris vai também terceirizar para o povo outros serviços da prefeitura

INSCREVA-SE

Cadastre seu e-mail e fique por dentro de todas as notícias do Brasil e do mundo com publicações realizadas pelos melhores jornalistas do Brasil. A plataforma inteligente do GBrasil oferece o melhor do conteúdo jornalístico exclusivo para você.

ENVIAR
Obrigado por se inscrever em nosso site. Aguarde novidades!
ACOMPANHE AS NOSSAS REDES
  • Show da Manhã - Jovem Pan-GO