Goiás

Daniel escolhido presidente da CCJ da Câmara

POR Colunista GO | 03/04/2018
img/noticias/Daniel escolhido presidente da CCJ da Câmara
C

Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara, considerada a mais importante das comissões permanentes, foi instalada nesta terça-feira (3). O colegiado será comandado pelo deputado Daniel Vilela (MDB-GO) que afirmou se sentir "independente" para o cargo.


"Eu faço parte do partido do presidente e obviamente que integro a sua base, mas me sinto independente para promover os debates necessários e ter uma atuação aqui que seja pertinente aos desejos dos brasileiros", disse o deputado.

 

A CCJ estava parada desde o início deste ano, cerca de dois meses após a volta do recesso parlamentar. A CCJ é considerada a comissão mais importante da Câmara porque todas as propostas em tramitação na Câmara precisam ser apreciadas pelo colegiado.

 

A comissão poderá ganhar ainda mais relevância diante de eventual apresentação de uma terceira denúncia pela Procuradoria Geral da República para investigar o presidente da República, Michel Temer.

 

No ano passado, a Câmara barrou duas denúncias contra Temer. Nas duas votações, Vilela votou por suspender a tramitação, favorecendo Temer.

 

Sobre a possibilidade de ser apresentada uma nova denúncia contra Michel Temer, Vilela disse que seguirá regras. "Não temos como tratar sobre hipótese. Já ocorreu isso no ano passado e a comissão estabeleceu um rito. Se acontecer isso, serão absolutamente seguidos as regras e os ritos definidos na denúncia anterior, mas não tem como fazer nenhum tipo de previsão", afirmou o deputado.

 

Vilela afirmou que se considera preparado para presidir a CCJ no caso de uma terceira denúncia. "Sim, claro, até porque a função do presidente é fazer com que tenhamos a condução de qualquer matéria, seja denúncia ou não, de forma isenta, equilibrada, serena, e dando a possibilidade da manifestação de todas as partes", disse.

 

Durante a reunião da comissão, deputados da oposição cobraram isenção do novo presidente da CCJ. "Peço que tenha independência. Não se pode ser partidário. Tem que deixar de lado o seu PMDB. Sobretudo, com a probabilidade que eu espero que se efetive pelos indícios robustos de se chegar uma terceira denúncia contra o presidente da República", afirmou Chico Alencar (PSOL-RJ).

COMPARTILHE:

Notícias Relacionadas

Goiás 03/04/2018 CRLV Digital: Baldy facilita vida dos motoristas de Goiás

Condutores goianos terão, a partir de agora, a documentação do veículo e carteira de habilitação reunidos em um único aplicativo de celular.

Goiás 03/04/2018 PF prende outra vez Joesley, filho pródigo de Anápolis

Sócio-proprietário do grupo J & F é acusado de pagar propina em troca de favores do Ministério da Agricultura. Dois ex-ministros fram presos

Goiás 03/04/2018 Desleixo de Iris faz buracos se multiplicarem em Goiânia

Iris de antes já teria resolvido há muito tempo o problema. Como de fato resolveu em meados da década passada, no seu retorno à prefeitura.

Goiás 03/04/2018 Elias Vaz defende que PSB seja oposição a Caiado

Se o saudoso Miguel Arraes, fundador do PSB, estivesse vivo, o GBrasil aposta tudo que não aceitaria esta eventual aliança.

INSCREVA-SE

Cadastre seu e-mail e fique por dentro de todas as notícias do Brasil e do mundo com publicações realizadas pelos melhores jornalistas do Brasil. A plataforma inteligente do GBrasil oferece o melhor do conteúdo jornalístico exclusivo para você.

ENVIAR
Obrigado por se inscrever em nosso site. Aguarde novidades!
ACOMPANHE AS NOSSAS REDES
  • Show da Manhã - Jovem Pan-GO