Goiás

Na TBC, Daniel defende renovação no governo

POR Colunista GO | 13/06/2018
img/noticias/Na TBC, Daniel defende renovação no governo
D

Deputado federal e pré-candidato ao governo pelo MDB, Daniel Vilela criticou na noite de terça-feira (12/6) o governo de Goiás e disse que ele precisa "agir na defesa dos interesses da população". A afirmação foi feita durante o programa Roda de Entrevista, da TV Brasil Central (TBC).


Daniel afirmou que, depois de 20 anos de um mesmo grupo no poder, a população sente a necessidade de uma renovação. Questionado pelos jornalistas sobre seu trabalho, Daniel listou as conquistas para Goiás em menos de quatro anos na Câmara dos Deputados. “Como deputado federal, consegui liderar o processo de criação de duas universidades federais em Goiás (em Catalão e Jataí) e consegui a retomada de obras importantes como rodovias, anel viário, BRT de Goiânia, destinamos recursos para uma centena de municípios e cheguei à presidência da principal comissão da Câmara, a CCJ”, disse.


Em comparação com os demais pré-candidatos, deixou uma questão no ar: “Pergunto a vocês: durante os 30 anos que exerce cargo público, o que o senador Ronaldo Caiado fez de concreto para Goiás? Esses são temas que serão abordados quando a campanha começar”, afirmou. “Trabalhamos para oferecer uma perspectiva de futuro para Goiás, onde não cabe estagnação e nem retrocessos. Se a pessoa está há muito tempo na vida pública e tem pouco a mostrar, dificilmente tem condições de governar”, completou.



JUVENTUDE
O parlamentar ainda falou sobre restrições à juventude como força de mudança e inovação na política. "Vejo que algumas pessoas abordam essa questão da juventude com um certo receio. Entendo que isso é fruto de preconceito ou falta de conhecimento sobre nosso trabalho. Mas os goianos já deixaram claro em outras eleições que não têm medo de ousar e sempre apostaram nos momentos de mudança na força das novas ideias.”



Daniel Vilela abordou a questão das alianças políticas. Disse que este ano não foge à regra e que as definições normalmente acontecem às vésperas das convenções, que nesta eleição ocorrem entre o fim de julho e 5 de agosto. O pré-candidato afirmou que tem conversado com partidos dispostos a se aliarem em torno de um projeto, e não de cargos.


Na área da segurança, o pré-candidato falou que é necessário iniciar uma equalização do efetivo policial, que nos últimos anos tem ficado defasado em relação à população, além da valorização dos servidores e também mais investimentos em tecnologia e informação. "Há medidas simples e que mesmo assim não são tomadas. Por exemplo, não faz sentido ter centenas de policiais vigiando prédios públicos. Isso tem que ser otimizado por meio de videomonitoramento e liberar o efetivo para atuar em defesa da população, nas ruas”, disse.

COMPARTILHE:

Notícias Relacionadas

Goiás 13/06/2018 Vitti defende vigência imediata do Orçamento Impositivo

PEC já aprovada pelo plenário da Casa que prevê destinação de 1,2% da Receita Corrente Líquida para quitar as emendas parlamentares.

Goiás 13/06/2018 Derrota de Dona Iris serve de alerta ao marido

Urnas deram recado ao prefeito: se ele se candidatar à reeleição em 2020, a chance de derrota é altíssima.

Goiás 13/06/2018 Eleição consagra os maiores pé-frios de Goiás

Dona Iris (MDB), Lívio Luciano (Podemos) e Walter Paulo (PRTB) se tornaram maiores especialistas em derrotas eleitorais que Goiás já teve.

Goiás 13/06/2018 Marconi cresce na reta final da disputa pelo Senado

Marconi beneficiou-se com a mobilização da base aliada no Entorno do Distrito Federal e com o noticiário negativo sobre Jorge Kajuru (PRP). 

INSCREVA-SE

Cadastre seu e-mail e fique por dentro de todas as notícias do Brasil e do mundo com publicações realizadas pelos melhores jornalistas do Brasil. A plataforma inteligente do GBrasil oferece o melhor do conteúdo jornalístico exclusivo para você.

ENVIAR
Obrigado por se inscrever em nosso site. Aguarde novidades!
ACOMPANHE AS NOSSAS REDES
  • Show da Manhã - Jovem Pan-GO