Goiás

Pesquisa Serpes mostra fragilidade de Caiado na eleição

POR Colunista GO | 09/04/2018
img/noticias/Pesquisa Serpes mostra fragilidade de Caiado na eleição
P

Pesquisa Serpes/O Popular para o Governo de Goiás divulgada nesta segunda-feira, 9, a menos de seis meses das eleições de 7 de outubro, mostra a fragilidade da candidatura do senador Ronaldo Caiado (DEM). Apesar de ainda liderar a corrida para o Palácio das Esmeraldas, com 39,7%, Caiado teve queda de 4,3 pontos porcentuais na comparação com o levantamento anterior, realizado pelo Serpes a pedido da Associação Comercial e Industrial do Estado de Goiás (Acieg).

 

Na rodada anterior, Caiado aparecia com 44% das intenções de votos. O levantamento atual mostra que o índice da pesquisa anterior é o teto de votos do senador. A última Serpes também traz outras duas informações importantes sobre a corrida eleitoral: o candidato do MDB, deputado federal Daniel Vilela, também despencou e o governador José Eliton, candidato do PSDB à reeleição, cresceu e foi da terceira para a segunda posição.

 

Na rodada da Acieg, Daniel aparecia com 12,1% das intenções de votos. Na Serpes/O Popular de hoje, o deputado federal tem 6,2%, queda de 5,9 pontos porcentuais na comparação desta com a anterior. José Eliton, por sua vez, cresceu: tinha 6,2% das intenções no levantamento passado e agora aparece com 6,7% das intenções, alta de 0,7 ponto porcentual. Assim, o governador tucano foi o único a registrar crescimento na preferência do eleitorado.

 

Em relação a Daniel Vilela, os números da Serpes mostram que o apoio do prefeito de Goiânia, Iris Rezende (MDB), ao deputado federal foi, ao contrário do que se esperava, ruim para o pré-candidato emedebista. O impacto negativo é provavelmente resultado da administração mal avaliada do cacique do PMDB na capital, marcada por obras paralisadas, caos na coleta de lixo e limpeza urbana e pela péssima qualidade da pavimentação urbana, que derreteu durante o período chuvoso.

 

Já a base do governador José Eliton só tem a comemorar. O crescimento da candidatura dele coincide com o rush de inaugurações de obras do Goiás na Frente comandado pelo governador e pelo ex-governador Marconi Perillo. Além disso, o fim da janela partidária reforçou a base aliada estadual e consolidou as candidaturas do governador à reeleição, de Marconi ao Senado e da senadora Lúcia Vânia à reeleição. Isso ocorreu em meio à corrida pelas vagas de suplentes dos senadores e da vice de José Eliton.

COMPARTILHE:

Notícias Relacionadas

Goiás 09/04/2018 Família Tejota, que aderiu a Caiado, deve tudo a Marconi

Família comandada por Sebastião Tejota escalou mãe, filho, nora e agora outro filho para se consolidar financeiramente com a política.

Goiás 09/04/2018 Ibope/Adial: Marconi lidera disputa ao Senado com folga

Ex-governador tem 28% das intenções de votos. Já a senadora Lúcia Vânia (PSB) aparece em segundo lugar com 24% das menções.

Goiás 09/04/2018 Ibope/Adial: Caiado é o pré-candidato mais rejeitado

25% dos goianos afirmam que não votariam de jeito nenhum no senador. José Eliton, por outro lado, é o menos rejeitado.

Goiás 09/04/2018 Ibope mostra Eliton em crescimento e Caiado em queda

Na comparação com a pesquisa Serpes/O Popular divulgada em 10 dez de junho, Caiado caiu (ele tinha 38%) e José Eliton subiu.

INSCREVA-SE

Cadastre seu e-mail e fique por dentro de todas as notícias do Brasil e do mundo com publicações realizadas pelos melhores jornalistas do Brasil. A plataforma inteligente do GBrasil oferece o melhor do conteúdo jornalístico exclusivo para você.

ENVIAR
Obrigado por se inscrever em nosso site. Aguarde novidades!
ACOMPANHE AS NOSSAS REDES
  • Show da Manhã - Jovem Pan-GO